Regulamento

  1. Preâmbulo

    1. 1.1. A Escola Superior de Comunicação Social, em parceria com a Guess What, lança a 1a edição do Prémio Genzyme “Melhor Campanha de Comunicação para a Esclerose Múltipla”. O Prémio conta com o patrocínio da Genzyme e o envolvimento das três Associações de Doentes associadas à Esclerose Múltipla – Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM) e Todos com Esclerose Múltipla (TEM). O presente Regulamento explicita o objectivo do Prémio, bem como o processo de candidaturas e o Prémio que está associado.

    Candidatos: Estudantes da Escola Superior de Comunicação Social e recém licenciados nos últimos dois anos pela Escola Superior de Comunicação Social em Relações Públicas e Comunicação Empresarial.
    Organização: A Escola Superior de Comunicação Social é a entidade responsável pela organização do prémio em parceria com a Guess What, entidade responsável pela promoção, desenvolvimento da metodologia de avaliação das candidaturas, fiscalização e orientação dos procedimentos de candidatura;
    Júri: o Júri do Prémio Genzyme é constituído por personalidades relevantes do meio empresarial, académico e das Associações de Doentes de acordo com critérios de qualificação, profissionalismo e isenção, genericamente reconhecidos.
    Patrocinador: A Genzyme é a empresa que patrocina esta iniciativa.

  2. Contextualização

    A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença crónica, inflamatória, desmielinizante e degenerativa que mais frequentemente afeta o Sistema Nervoso Central (SNC). Afeta com maior incidência as mulheres e surge mais frequentemente no jovem adulto (entre os 20 e os 40 anos), apesar de nos dias de hoje a EM se comece a manifestar em idades mais precoces e/ou mais tardias.

    É uma doença auto-imune na qual o sistema imunitário não tem capacidade de diferenciar as células do seu próprio corpo de células estranhas, acabando por destruir os seus próprios tecidos. O principal alvo deste “ataque” é a mielina, uma camada de gordura protetora das fibras nervosas que auxilia na transmissão de informação ao longo do corpo humano.

    Quando ocorre um “surto”, formam-se cicatrizes endurecidas que se agrupam formando as conhecidas “escleroses” ou também denominadas “placas”. São afetadas inúmeras áreas do cérebro e da medula espinal pelo que se denomina esta doença de Esclerose Múltipla.

    Estima-se que em todo o mundo existam cerca de 2.500.000 pessoas com EM e aproximadamente 6000 pessoas em Portugal. A EM pode produzir sintomas idênticos aos de outras patologias do SNC, pelo que o diagnóstico poderá demorar anos a acontecer.

    Nesse sentido e contribuindo para a sensibilização e informação sobre a Esclerose Múltipla, a Escola Superior de Comunicação Social em parceria com a Guess What e com o patrocínio da Genzyme, decidiu lançar o Prémio Genzyme “Melhor Campanha de Comunicação para a Esclerose Múltipla”, junto dos alunos da ESCS.

  3. Objectivo

    Desenvolvimento de um projeto integrado de comunicação na área da Esclerose Múltipla (EM), com componente digital, criativo e envolvente de forma a chegar ao grande público e que permita: (Objetivos elencados de acordo com a sua relevância)

    • Angariar fundos;
    • Sensibilizar e envolver os portugueses em torno da patologia/causa;
    • Aumentar o conhecimento da EM junto da população em geral;
    • Reduzir o estigma e fomentar a integração e o acesso nas mais diferentes formas: acesso a edifícios, viagens e serviços de lazer; e acesso à educação, formação e emprego.
  4. Critérios de admissão

    1. Só serão admitidos os trabalhos que:

      1. Abordem o tema da Esclerose Múltipla;
      2. Demonstrem conhecimento do trabalho das Associações de Doentes;
      3. Sejam redigidos em língua portuguesa;
      4. Cumpram os objetivos previamente definidos para a campanha;
      5. Cujos autores sejam estudantes do ESCS ou recém licenciados pela ESCS nos últimos dois anos em Relações Públicas e Comunicação Empresarial;
      6. Sejam assinados.
    2. Os trabalhos apresentados devem ser realizados por grupos com um mínimo de 3 alunos e máximo de 5 alunos.

      1. A Comissão de Avaliação analisará as candidaturas individualmente, atribuindo um primeiro prémio à campanha que se evidencie tendo por base os critérios de análise definidos no regulamento.
  5. Seleção de Candidaturas

    1. A seleção das candidaturas realizar-se-á mediante o seguinte processo:

      1. Criação de um portal específico, com respetivo formulário de participação e área de partilha / apresentação dos trabalhos com respetivos suportes anexos. Os dados que o portal deverá ainda ter em conta para formalizar o processo de candidatura são:

        1. Declaração de identificação do Autor (nome completo, cópia do bilhete de identidade ou cartão do cidadão, morada, telefone, e e-mail).
        2. Declaração de identificação do trabalho (naming da campanha, identificação da turma, declaração a autorizar as entidades promotoras a utilizarem a estratégia apresentada para implementação da campanha).
    2. Se for necessário a entrega de alguns documentos impressos, a entidade promotora, a seu tempo, solicitará os mesmos aos candidatos. Os documentos que integrem o processo de candidatura não serão devolvidos.
  6. Prazos

    Os processos de recolha e confirmação de candidatura deverão dar entrada no portal até dia 8 de novembro de 2015.

  7. Comissão de avaliação

    1. A Comissão de Avaliação será composta por 7 (sete) Membros:

      1. um representante da ESCS;
      2. um representante da ANEM;
      3. um representante da SPEM;
      4. um representante da TEM;
      5. um representante da Genzyme;
      6. um consultor em Fund Raising;
      7. um representante da Guess What.
    2. A Comissão de Avaliação será a única entidade responsável pela análise dos trabalhos a concurso, deliberação nos casos omissos, e seleção do vencedor.
  8. Critérios de avaliação

    1. Na análise das peças, a Comissão de Avaliação terá como base os seguintes critérios:

        Cotação (0 a 200)
      Investigação e definição do desafio de comunicação 25
      Definição Objetivos 15
      Identificação/Caracterização Públicos 20
      Estratégia e posicionamento 45
      Definição de Táticas e ativação da estratégia 30
      Orçamentação 05
      Definição de calendarização 05
      Avaliação 15
      Apresentação gráfica 05
      Coerência Argumentativa 15
      Criatividade 20
    2. Dos trabalhos apresentados, caso se justifique, será selecionada uma shortlist e os candidatos deverão defender as suas campanhas numa apresentação oral onde a coerência argumentativa será o critério principal.
    3. As decisões do Júri são tomadas por maioria e só podem avançar quando presentes pelo menos 2/3 dos membros.
    4. As decisões do Júri são soberanas e irrevogáveis, não existindo qualquer tipo de recurso.
  9. Prémio

    1. O montante do primeiro prémio é de 5.000€ (euros). Valor sujeito aos impostos aplicáveis.
  10. Anúncio dos vencedores e cerimónia de entrega de prémios:

    1. Os vencedores serão anunciados durante a cerimónia de entrega de prémios a qual terá lugar dia 4 de Dezembro de 2015 em data, local e hora a anunciar.
  11. Utilização das peças a concurso

    1. Com a inscrição no concurso, os participantes autorizarão tacitamente as Associações de Doentes de EM (ANEM, SPEM e a TEM) a implementarem as ideias apresentadas. A ANEM, SPEM e a TEM reservam-se assim no direito de utilizar o conteúdo dos trabalhos apresentados a concurso para fim de implementação/ativação de campanhas e/ou de divulgação da cerimónia de entrega do Prémio.
  12. Casos omissos

    As situações omissas neste Regulamento serão avaliadas e decididas pela ESCS, entidade promotora da melhor Campanha de Sensibilização para a Esclerose Múltipla.

  13. Alterações

    ESCS e a Guess What reservam-se o direito de alterar, a qualquer altura, as condições deste concurso, incluindo os membros do Júri e os prazos.

  14. Esclarecimentos

    gabcom@escs.ipl.pt asa@guesswhat.com.pt

Faz aqui o download do regulamento